10 COISAS QUE PODEMOS APRENDER COM CRISTIANO RONALDO SOBRE EMPREENDEDORISMO

 

1. A FALTA DE CONDIÇÕES NÃO É DESCULPA

Para quem não sabe, Cristiano Ronaldo nunca teve muito dinheiro quando era mais jovem. Os seus pais eram bastante pobres e ele nem sempre tinha condições para jantar. Por isso, era muito mais magro do que os seus restantes colegas de equipe. Os treinadores do Nacional, o seu segundo clube da carreira, por vezes ofereciam-lhe sopa ou uma sandwich no final do treino pois sabiam que ele muitas vezes não tinha jantar em casa. Além disso, ele nunca teve grandes brinquedos como as crianças da sua idade: a sua melhor amiga era mesmo uma bola de futebol, que utiliza para jogar sozinho ou ficar dando chutes contra a parede. Mas nem essa falta de condições impedio, desde muito novo, de sonhar em ser algo mais na sua vida de jogador. Ele passava horas e horas jogando futebol sozinho.

Para quem pretende começar a trabalhar como freelancer, a falta de condições geralmente é apenas uma desculpa para ficar adiando aquilo que deve ser feito neste momento. Como expliquei aqui várias vezes, por vezes um computador e uma boa ligação à internet são suficientes para começar a montar o seu negócio. Claro que fica mais difícil porque você precisa de estudar mais, perder mais tempo ou poderá nem sequer ter um local para receber os seus clientes. Mas isso são tudo obstáculos que com muita força de vontade e imaginação, poderão ser ultrapassados. Actualmente, tudo depende mais de si do que do dinheiro que você tem para investir no seu negócio.

2. ARRISQUE

Com apenas 11 anos, Cristiano Ronaldo saiu do Nacional da Madeira para iniciar a sua carreira no Sporting. Essa opção fez com que ele ficasse longe da sua família durante grande parte do ano. Em entrevistas, Cristiano confessou que chorava “quase todos os dias” e que ligava sempre para a sua mãe no final do dia. No entanto, alguns anos depois, ele realçou que essa mudança muito precoce ensinou-o a crescer enquanto profissional, amadurecendo mais rápido do que os seus colegas de time. Ronaldo sabia que para evoluir tinha de sair daquele pequeno clube português e nem sequer pensou duas vezes.

Tal como fez Ronaldo, você como empreendedor não deve ter medo de dar uma passo mais à frente na sua carreira, mesmo que esse passo vá rumo ao desconhecido. Estude bem essa sua mudança primeiro, verifique se tem condições de arriscar e vá em frente. Em certas ocasiões, a sua evolução pode estar sendo travada pelo simples receio de arriscar.

3. EVOLUA SEMPRE

E por falar em evolução, Cristiano Ronaldo tem sido um exemplo de adaptação constante às novas exigências do futebol. Como sabem, nos seus primeiros anos de carreira o futebolista português era muito magro e bastante limitado no que toca a recursos técnicos. Para evoluir como jogador, Ronaldo começou a treinar sozinho, fazendo abdominais e flexões, de forma a conseguir ficar mais forte fisicamente. Além disso, durante todo o seu percurso enquanto jogador foi aperfeiçoando a sua forma de jogar. Deixou de jogar como ala passando a aparecer mais no local do centro avante, pois ele sabia que se quisesse ser um dos melhores do mundo, teria de fazer mais gols.

Esta mentalidade de que devemos estar sempre evoluindo também pode ser adaptada ao mundo dos negócios. O problema, é que muitos profissionais acabam pensando que o lugar onde estão já é suficiente. Mas aí entra em cena o provérbio chinês “Se não estás evoluindo, estarás regredindo”. Isso é um fato. A partir do momento que você deixa de ser melhor a nível profissional, tendencialmente os seus concorrentes ganham maiores chances de ultrapassá-lo.

4. TENHA OBJETIVOS BEM TRAÇADOS

Desde muito novo, Cristiano Ronaldo afirmava: “Vou ser o melhor jogador do mundo”. Esta mentalidade é transcendente a todos os esportistas bem sucedidos do planeta. Recordo-me também de Novak Djokovic que desde os oito anos de idade dizia que iria ser o melhor tenista do mundo. Esta mentalidade de saber, desde muito novos aquilo que eles queriam ser ajudou-os a ganharem forças e a acreditarem que, um dia, tudo aquilo seria possível de ser concretizado. Com apenas 15 anos, Ronaldo fez o seu primeiro treino com o plantel principal do Sporting e, como seria de esperar, o futebolista português deu o seu máximo, lutando sempre pela disputa da bola com os seus colegas de time. Essa atitude fez com que um dos jogadores mais velhos dissesse: “Vê lá se tens mais calma, oh criança!”. Refilão, Cristiano Ronaldo não demorou a responder: “Quero ver se vais dizer isso quando eu for o melhor jogador do mundo”.

Ter as nossas metas bem presentes no nosso dia-a-dia ajuda-nos a sermos melhores profissionais no futuro. Já expliquei aqui no blog como definir objetivos e desde o início recordei o leitor para que, de tempos a tempos, escolha onde pretende chegar e analise bem o que está fazendo para atingir esse objetivo. Andar sem rumo na sua vida profissional é um erro, que deve ser evitado a todo o custo.

5. PERCEBA QUE A PRESSÃO FAZ PARTE DA SUA VIDA

Quem acompanhou a Eurocopa, terá verificado que cada vez que Cristiano Ronaldo tocava na bola, ele era bastante assobiado. Já durante esta temporada no Real Madrid, os adeptos gritavam constantemente “Messi, Messi” com o objetivo de provocar o jogador português. Apesar de para muitos este género de atitude poder causar algum tipo de desconcentração, Cristiano Ronaldo referiu que este género de atitudes “fazem parte” da vida de qualquer jogador e que ele apenas tem aprender a lidar com isso.

Esta mentalidade também deve ser adaptada à sua realidade enquanto profissional. Ter clientes insatisfeitos, ouvir reclamações do seu trabalho ou ter prazos curtos para entregar fazem parte da sua vida e quanto mais cedo compreender isso melhor. Se vir isso como um ponto negativo, mais facilmente ficará desmotivado no seu trabalho. Habitue-se, desde o início, a sentir pressão no seu dia-a-dia.

cristiano ronaldo

6. TRABALHE MAIS DO QUE OS OUTROS

Cristiano Ronaldo é conhecido por ficar mais tempo do que os outros treinando. Mesmo o próprio Felipão, fez uma descrição dele bastante interessante: ”Cristiano é muito simples, muito tranquilo, sempre sorridente. Aquela pessoa que faz falta em uma equipe, que está sempre pronto pra ajudar. É simples, humilde e participativo sempre. No futebol, é o sujeito que está sempre inventando. Quanto mais treina, mais pede para treinar. Não está satisfeito nunca”. Esta vontade de ficar trabalhando depois da hora “normal” não é uma novidade na vida de Ronaldo. Desde muito novo, ele ficava mais tempo na academia trabalhando para ficar mais forte do que os seus adversários. Quando o treino terminava, ele também ficava batendo livres, de forma a aperfeiçoar os lances de bola parada.

Esta capacidade de trabalhar fora daquilo que é obrigatório foi o que tornou Cristiano Ronaldo num dos melhores jogadores do mundo. Apesar de ter algum talento, o jogador português sempre foi destaque pela sua força de vontade, ambição e por trabalhar mais do que os outros. E esse espírito você também deve ter enquanto freela. Trabalhe mais, dê mais de si, faça o que os seus concorrentes não estão fazendo. A longo prazo, essa atitude fará a diferença.

7. FOQUE-SE NAQUILO QUE PRETENDE SER

O foco de Cristiano na sua carreira de atleta é uma imagem de marca. Raramente vemos casos do jogador português em outros assuntos que não sejam o futebol. Mesmo durante a partida, ele passa os 90 minutos apenas pensando no que tem para fazer e poucas vezes o vemos facilitando em algum momento do jogo, independentemente do resultado. O foco é determinante para você conseguir ter mais sucesso enquanto empreendedor. Concentrar-se em ser realmente bom naquilo que está fazendo é determinante. Muitos freelancers, inúmeras vezes cometem o erro de “disparar para todos os lados”, fazendo de tudo um pouco, esperando conseguir um pouco de sucesso em cada coisa que fazem. Eu aconselho que tente concentrar-se primeiramente em ser bom em poucas coisas ao mesmo tempo de cada vez, adotando uma postura estilo Zen Habits nos seus negócios.

8. ENTENDA QUE MOMENTOS MENOS BONS ACONTECEM

Apesar de todo o sucesso conseguido, Cristiano Ronaldo já teve momentos menos positivos na sua carreira. Mesmo quando ainda era novo, o jogador português chegou a estar suspenso por por alguns jogos no Sporting por responder de forma arrogante ao treinador. Ainda no Real de Madrid, Ronaldo chegou mesmo a estar algumas semanas sem fazer grandes exibições, o que valeu-lhe muitas críticas por partes dos jornalistas e dos adeptos. Em todas estas situações, a resposta de Ronaldo foi sempre a mesma: “Vou continuar a trabalhar e sei que os bons momentos irão regressar”.

Esta atitude é de grande valor e ajuda a que seja mais fácil de conseguir ultrapassar períodos menos positivos. Entenda que eles fazem parte da sua vida de freelancer. Em alguns meses o número de clientes será menor ou os seus rendimentos não serão tão positivos. O melhor a fazer nestes momentos é manter a calma, continuar trabalhando e perceber que momentos como esses são normais. Se você estiver realizando um trabalho sério e com qualidade, os resultados acabam por surgir.

9. SEJA DISCIPLINADO

Alguém que atinja o patamar que atingiu Cristiano Ronaldo, precisa de ser extremamente disciplinado. Longe vai o tempo em que um jogador apenas precisava de ter talento e os resultados apareciam por acréscimo. Hoje em dia, é necessário muito espírito de sacrifício e força de vontade. Há alguns anos, o Jornal AS contou que Cristiano faz 3 mil abdominais por dia, de forma a ganhar mais força para os seus remates. Ainda o ano passado, os atletas do Real Madrid ficaram espantados por entrar no quarto do jogador português, em dia de jogo e por verem-no a fazer abdominais e vendo televisão ao mesmo tempo. Além de se tornar um melhor jogador, esta atitude tem valido a Ronaldo muitos milhões em campanhas publicitárias.

Apesar de Cristiano fazê-lo, ninguém o obriga a manter-se tão disciplinado. Enquanto atleta, ele apenas teria obrigação de ir aos treinos, comparecer nos jogos e fazer boas exibições nos jogos pelo Real Madrid. Mas este jogador quer mais e sabe que isso poderá fazer a diferença. Para quem trabalha em casa, também ninguém o obriga a levantar-se cedo ou a ser mais exigente. Mas se você pretende ser um melhor profissional, é importante ser constante e fazer mais do que os outros.

10. NINGUÉM CHEGA AO TOPO POR ACASO

Como puderam ver neste artigo, Cristiano Ronaldo trabalhou sempre desde muito cedo para chegar ao topo do futebol. Contudo, não podemos esquecer que este percurso demorou vários anos. Desde a sua saída para o Sporting, com apenas 11 anos, até aos dias de hoje, com 27 anos, foram 16 anos de muito trabalho e dedicação diária. Por nenhum momento, Ronaldo pôde relaxar: ele sabia que todos os dias eram importantes para atingir o seu objetivo, que era chegar ao título de número um. Chegar ao topo nunca é algo que acontece por acaso, mas sim a recompensa de um trabalho constante e de uma vontade de vencer inabalável.

Se você pretende atingir o topo da sua carreira de empreendedor, necessita de olhar para todos estes pontos e perceber que as dificuldades fazem parte do seu percurso, mas cabe a si ultrapassá-las. Se você não tiver vontade de vencer, for disciplinado e quiser sempre mais, dificilmente irá chegar ao topo em alguma coisa.

Abraço e até já!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: