THE IRREPRESSIBLES – “IN THIS SHIRT” por Ricardo Machado

Anúncios

Parábola do Pastor Rabi | por Ana Catarina Silva

Parábola do Pastor Rabi (adaptação)

 

Um pastor rabi estava perdido e confuso na sua fé e sentia-se abandonado. Deus apareceu-lhe e prometeu que o iria auxiliar a descobrir o seu caminho. Levou-o ao Céu e ao Inferno para o ajudar a encontrar-se.

 

Encontrou no Inferno pessoas tristes e cadavéricas, sendo que no centro havia uma mesa com um enorme pote de sopa. Por sua vez, no Céu as pessoas estavam felizes e saudáveis, mas reparou num pote de sopa similar ao que havia visto no inferno, distinguindo-se por estes aqui a comerem.

 

O rabi ficou confuso e Deus explicou que a diferença estava apenas no uso das colheres, que como eram muito grandes no Inferno as pessoas, centradas apenas em si e nas suas necessidades, não conseguiam comer. Já no Céu embora as colheres fossem grandes, as pessoas alimentavam-se umas às outras, reinando a partilha e o amor ao próximo.

Portfolio IE | Hugo Farinha

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

REUNIÃO ENTRE DIRECÇÃO E TRABALHADOR (role play)

(colocando em prática alguns pressupostos de inteligência emocional e comunicação)

DIRECTOR: Olá Paulo, podes sentar. Queres beber café?

PAULO: Ok, pode ser.

DIRECTOR (ao telefone): Cristina, faça o favor de trazer dois cafezinhos.

DIRECTOR: Como foi o fim-semana? Foste passear com a família? Viste o jogo do Benfica? A jogar assim vamos ser campeões. É pena é o Cardozo falhar tantos golos.

PAULO: O fim-de-semana foi óptimo, fui ao Nordeste no Sábado fazer um passeio pedestre com a família, e no Domingo fiz um churrasco para os amigos e tivemos a ver o Glorioso a jogar, não deu hipótese nenhuma ao adversário.

DIRECTOR: É verdade, o Benfica jogou bem mas aquele Jorge Jesus às vezes é um bocado palerma ao colocar a jogar aquele lateral esquerdo… como se chama… o brasileiro… o…

PAULO: o Emerson…

DIRECTOR: Exactamente, esse jogador não está a altura dos pergaminhos do Benfica, deviam arranjar outro para aquela posição.

PAULO: Tens razão, espero que na próxima época o Jorge Jesus não seja tão teimoso ao colocar sempre o Emerson a jogar.

DIRECTOR: Pois é.. Vamos ver. O Benfica merece jogadores com mais qualidade pois é o Clube com mais sócios activos do Mundo.

Bem, chamei-te aqui ao meu gabinete pois gostava de falar contigo sobre a tua prestação na nossa empresa. Tu és de facto um excelente trabalhador e uma mais valia para a nossa empresa. Desde 2005 que trabalhas connosco sendo um trabalhador pontual e assíduo, demonstras grande sentido de responsabilidade nas tarefas que desempenhas, trabalhas muito bem em equipa e dás um contributo de melhoria contínua no teu processo de trabalho.

Gostaria de dizer-te que neste momento a nossa empresa está a passar momentos muito difíceis devido à conjuntura económica que estamos a passar a nível interno e externo. Continuamos a produzir e a ter encomendas a médio prazo, no entanto, a longo prazo o ritmo de encomendas abrandou substancialmente em paralelo com a extrema dificuldade dos nossos clientes em efectuarem os pagamentos das facturas dentro do prazo previsto. Só para teres uma ideia, temos neste momento cerca de 1 Milhão de Euros para receber dos nossos clientes e não sabemos quando vamos receber pois alguns estão a passar também enormes dificuldades financeiras.

A Administração e a Direcção da empresa tem vindo a fazer um enorme esforço para manter os ordenados em dia de todos os trabalhadores assim como os pagamentos da Segurança Social, IVA e IRC. Neste momento muito difícil que estamos a passar vamos precisar da ajuda dos nossos trabalhadores para ultrapassar esta situação, pois no próximo Trimestre a empresa não vai conseguir cumprir com as suas obrigações se não fizer um plano de acção urgente a este nível.

Assim sendo, a Administração e a Direcção decidiram efectuar alguns ajustamentos nos ordenados dos trabalhadores que vão entrar em vigor no próximo mês e que permitirá à empresa não despedir ninguém e cumprir com todas as suas obrigações se este plano tiver sucesso. É muito importante para nós manter todos os postos de trabalho. No teu caso concreto que estás num patamar de vencimento superior a 1500€ decidimos reduzir em 150€ o teu rendimento mensal, assim como metade do subsídio de Férias e metade do Subsidio de Natal.

Esta medida é temporária até finais de 2014. A empresa tem de equilibrar as suas contas e para isso contamos com a ajuda de todos. Quando a empresa equilibrar as suas contas serão retomados os vencimentos normais. Gostaríamos imenso de poder continuar a contar com o teu contributo.

Sabes, o teu contributo é importante para o sucesso da empresa dado que és um colaborador que está sempre atento à inovação dos produtos concorrentes, dás a tua opinião no sentido de melhorar o nosso produto. Isso para nós é bastante importante pois permite desenvolver o nosso produto ao longo do tempo, fidelizando os nossos clientes e angariando novos. A nossa empresa estaria ainda melhor se tivesse muitos PAULOS a trabalhar nela.

PAULO: De facto, não estava à espera desta noticia logo numa segunda-feira de manhã, fui surpreendido e neste momento preciso de 1 dia para pensar sobre o assunto e amanhã de manhã estarei em condições para dar uma resposta. Espero que compreendam a minha posição assim como estou a compreender a decisão da empresa.

DIRECTOR: Muito bem Paulo, amanhã voltaremos a falar sobre este assunto. Obrigado.

(no dia seguinte de manhã)

DIRECTOR: Então Paulo, já tem uma resposta sobre o assunto que falámos ontem?

PAULO: Tive a pensar sobre a proposta que apresentaram ontem para redução do meu ordenado e respectivos subsídios. Compreendo a situação difícil da empresa e espero poder fazer parte da solução para ajudar a empresa a ultrapassar este momento menos bom. Vou continuar a dar o meu máximo contributo a nível individual e em equipa para alcançar os objectivos propostos, para que a empresa tenha sucesso.

EXPLICAÇÃO À LUZ DA COMUNICAÇÃO E CONCEITO DE INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

Este role play foi construído tendo em conta alguns pressupostos de técnicas de comunicação e inteligência emocional quer do Director quer do colaborador.

O Director começa a conversa criando empatia com o colaborador e deixando-o mais à vontade.

Depois da empatia inicial e mais à vontade, o Director aplica a técnica da Sandwich, elogio, critica/má noticia (neste caso) e elogio novamente.

O director quando afirma que não pretende despedir ninguém e prefere reduzir o vencimento a quase todos os trabalhadores demonstra sensibilidade social, ou seja, está preocupado com os seus trabalhadores, colocando-se no lugar deles.

O colaborador foi apanhado desprevenido mas teve auto-controlo emocional, ou seja, conseguiu lidar com os seus próprios sentimentos, adequando-os à situação vivida comunicando que precisava de um dia para pensar. Não ficou descontrolado emocionalmente com a notícia da redução do rendimento mensal e dos respectivos subsídios de férias e natal.

Para além disso no dia seguinte comunicou ao Director que estava “disposto a ajudar a empresa e vou continuar a dar o meu máximo contributo para alcançar os objectivos propostos, para que a empresa tenha sucesso.”

Demonstrou através desta comunicação Auto-motivação, dirigindo as emoções a serviço de um objectivo ou realização pessoal.

Como Daniel Goleman refere: “a maioria das situações de trabalho é envolvida por relacionamentos entre as pessoas e, desse modo, pessoas com qualidades de relacionamento humano, como afabilidade, compreensão e gentileza têm mais chances de obter o sucesso.”

A probabilidade deste colaborador ter sucesso nesta empresa é alta pois demonstra alguma inteligência emocional perante uma situação bastante complicada.

Bibliografia:GOLEMAN, Daniel. Inteligência Emocional.

Sucker Punch – SUGESTÃO QUE ABORDA A INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

 

FILME COM UMA BANDA SONORA EXCELENTE. E CARREGADO DE CONOTAÇÃO IE.

O que é o R.O.I?

Do I Really Need to Measure ROI?

Let’s start by addressing the elephant in the room. Is ROI the right measure of success for social media?

There are many who would argue that a financial return doesn’t show the true value of social media for the organization. I would agree that ROI doesn’t paint the full picture.

However, the bottom line is that executives and business owners sleep, eat, and breathe ROI. It has been the measure of success since the beginning of their careers and while we can jump up and down and tell them it isn’t a complete picture, they aren’t going to believe it until they see it.

Therefore, it’s time to get serious about ROI, but that doesn’t mean that you should sacrifice other types of metrics that help to round out the story. You need both and this is why.

get serious
Get serious and measure social media results. Image source: iStockPhoto.

#1: ROI is a Necessary Evil

Regardless of whether ROI paints the pretty picture that we want for social media’s value to the organization, it is the universal measure of success for business.

We’ve seen new metrics like Return on Influence and Return on Engagement being talked about. Some marketers like these metrics because they feel they do a better job of telling the story of social media’s value.

I understand the need to have a holistic view on where social delivers; however, we can’t redefine ROI because it doesn’t suit our needs or it doesn’t paint the picture we want. If you don’t start to measure the real return on your efforts, someone is going to do it for you.

And if they do the measurement, you won’t have the opportunity to clarify what ROI isn’t showing and present metrics that help to round out the perspective. You’ll look like the person who was trying to hide a negative ROI to save your project. And yes, when you measure it the first time it will likely be negative.

So it’s time to embrace that ROI is a part of the story and it is our job to make sure we balance ROI with other metrics that show where social delivers incremental value.

clear roi
Clear ROI is part of a successful social media strategy. Image source: iStockPhoto.

#2: Your Boss Will Demand ROI

There is no denying that management teams and business owners are questioning whether your efforts are delivering results. The 2011 Jive Social Business Index Survey revealed that only 27% of executives with budget control for social media felt that social media is a top strategic priority. 47% of the respondents said a social plan was necessary but not a strategic priority.

This shows you that the jury is still out on whether social media is a mission-critical piece of the marketing mix, at least for those who control the purse strings.

The majority understands that social media is important at some level for the business, but it’s clear there’s still skepticism. I think we can all admit that if the people who control our budget still aren’t sold on whether social media can drive business results, they will continue to invest cautiously.

This means it’s important to be able to show quantifiable results from your efforts. If you aren’t able to demonstrate the strategy is delivering a financial return, you may find that optimism quickly turns to pessimism as other activities are shown to produce results, and your budget could just as quickly disappear.

results
Show quantifiable results. Image source: iStockPhoto.

#3: Social Media is Resource-Intensive

I think we can all agree that the days of saying that social media is FREE are over. We realize that a successful social media strategy takes a lot of time, and for many of us it’s time we simply don’t have.

The Social Media Marketing Industry Report revealed “a significant 59% of marketers are using social media for 6 hours or more and 33% for 11 or more hours weekly.” That’s a lot of time, considering that social media isn’t our only job. For many of us, social media is something that has been added to our already full plate.

This has led more people to start outsourcing aspects like content development because they simply can’t produce enough content to generate results in the time they have.

One of the first questions I get from executives is whether they should include the cost of employee time and/or salaries in their social media ROI calculations. They want to understand whether the time employees are spending is worth the expense.

It isn’t because they are trying to launch a war against social media. It is simply a matter of prioritizing resources to the highest-performing initiatives. And if social media can’t be quantified to show a return to the organization, it gets harder to justify the time and budget that is being dedicated to it.

budget
Include the cost of employee time. Image source: iStockPhoto.

#4: You Can’t Expand Without ROI

There are a lot of companies out there that have seen tremendous success in developing large followings and now they’re asking, “Now what?”

The smart marketers didn’t jump into every social media network right away; rather they tested and became awesome in a couple that matters to their business. But now they feel they have demonstrated that social media can work and want to expand into other social networks.

In other situations, marketers realize they need to produce more content because they see the most positive results around the release of new content, but they can’t handle any more internally.

Whatever your scenario is, you won’t be able to secure additional budget dollars to fund your expansion plans if you haven’t demonstrated that the budget that has already been invested delivered a positive return to the organization.

Return isn’t measured in fans and followers; it is measured in dollars and cents. If you want to expand, you need to get serious about measuring social media’s bottom line.

what you need to know
Understand your social media ROI to expand and extend your reach. Image source: iStockPhoto.

#5: Optimization is Critical to Success

While all the other reasons relate to why social media ROI is important for the needs of other people, this one is for you. You are spending time, energy and budget on making social media a success. If you really want it to be successful, it’s critical that you understand what’s actually working and what isn’t.

We all want to prioritize our efforts to the things that produce the highest result, but if you aren’t measuring what’s delivering, you have no idea what you should be doing more of. Further, you won’t be able to test how little tweaks impact important things like conversion rates.

If you truly want to show that social media is a mission-critical element to business, then you need to measure ROI so you can tell exactly what’s working or showing promise and then optimize it.

Optimize until you can’t optimize any more. Imagine if you knew which status update delivered the most conversions for the day. Or which path from social media to the website converted the most leads. Information like that would really help you show a positive ROI in no time.

data
Get the data you need to improve your results. Image source: iStockPhoto.

What do you think? Why is social media ROI important to you? Why is it important to your boss? Are you measuring today? If so, what type of results are you seeing? Please add a comment in the box below and join the discussion

Fonte: Socialmediaexaminer